Música

“La Bicicleta” é consagrada no Grammy Latino numa noite de gafe e selinho

“La Bicicleta” é consagrada no Grammy Latino numa noite de gafe e selinho

Aconteceu ontem, em Las Vegas, a 17ª edição do Grammy Latino que contou com a participação de Laura Pausini, Jennifer Lopez, Pharrell Williams e do homenageado como pessoa do ano, Marc Anthony. Mas nunca uma ausência foi tão sentida como a de Shakira. Afinal de contas, a Academia premiou “La Bicicleta” com dois gramofones (Música do Ano e Gravação do Ano), parceria de Carlos Vives com Shakira que não participou do evento por problemas pessoais.

Porém, a conterrânea foi ignorada por Carlos Vives durante seus discursos de agradecimento. Quem não gostou dessa amnésia foram os fãs da cantora que não pouparam comentários nas redes sociais, como por exemplo, o que vemos a seguir na própria página oficial da premiação.

coments_labike

Após a polêmica, Carlos Vives gravou um vídeo agradecendo Shak no Instagram:

E os brasileiros? 

Na verdade, nesta edição somente as brasileiras saíram premiadas. Elza Soares ganhou o gramofone de melhor álbum de música popular brasileira com o álbum “A Mulher do Fim do Mundo”. Paula Fernandes foi a vencedora de melhor álbum de música sertaneja com “Amanhecer” e Céu ganhou como melhor álbum de pop contemporâneo em língua portuguesa com “Tropix”.

lg_elza

Veja a lista completa de todos os ganhadores aqui.

Apesar dos momentos de ápice, achei a premiação morna. Faltou um ritmo caliente do tipo Gloria Estefan com Conga, colocando todos para dançarem.

lg_gloriae_conga