Wow!

20 fatos para comemorar os 20 anos de “Maria do Bairro”

20 fatos para comemorar os 20 anos de “Maria do Bairro”

“Y a mucha honra, Maria La del Barrio soy!” Tão poucos refrões de música fizeram tamanha parte de sua vida, quanto esse de “Maria do Bairro“, novela protagonizada pela atriz e cantora Thalía, que completou 20 anos de existência no último dia 14. A trama mexicana estreou no “Canal de las Estrellas”, da rede Televisa, em 14 de agosto de 1995.

Abaixo, listamos 20 fatos para celebrar as duas décadas dessa novela, que tem lugar cativo na memória da teledramaturgia mundial:

1.”Maria do Bairro” encerra uma trilogia

Ela faz parte do encerramento da “trilogia das Marias”, novelas estreladas por Thalía: “Maria Mercedes” (1992) e “Marimar” (1994).

2. Em 1996, foi premiada por ser a telenovela de maior popularidade do México

Ela conquistou a invejável marca de 28% de audiência. Uau!!!

3. É a novela mais exportada dos últimos 20 anos, sendo vendida para 182 países

Em níveis de comparação, “Avenida Brasil”, novela brasileira mais bem-sucedida mundialmente, foi vendida para 150. Oi, oi, oi!!!

4. A trama mexicana ganhou dois remakes

Uma produzida pela emissora norte-americana Telemundo, em 2006 (rebatizada de “Marina”), e uma versão nas Filipinas, em 2011.

5. Estreou no SBT em 19 de fevereiro de 1997

6. É a novela mais reprisada no Brasil

Até o momento, teve um total de seis exibições, empatada com “A Usurpadora”, de 1998. #PaolaBrachoForever

7. Guilene Conte é a dubladora de Thalía no Brasil

Guilene Conte, dubladora brasileira de Thalía

Ela também emprestou sua voz a personagem Rochelle (Tichina Arnold) da série “Todo Mundo Odeia o Chris”.

8. A própria “Maria do Bairro” é um remake!

Ela é uma versão da novela “Os Ricos Também Choram”, de 1979.

9. Teve um total de 185 capítulos

10. A primeira fase da novela foi gravada num lixão de verdade!

Mais precisamente, no aterro sanitário da Cidade do México. Após o final das gravações, a equipe da novela voltou ao aterro e doou alimentos e brinquedos aos moradores.

11. Thalía vasculhava um “lixo cenográfico”

O “lixo” era pré-selecionado pela equipe técnica, a fim de não oferecer riscos à saúde e integridade da atriz ou dos outros membros da equipe.

12. Thalía assinou um contrato de cerca de 800 mil dólares para ser a protagonista

13. Ela se feriu durante as gravações

Em uma das cenas da terceira fase, onde a protagonista se vê diante de um incêndio, Thalía sofreu acidentalmente queimaduras em parte da perna. Que perigo!

14. Teve mais zica: ela foi mordida por um macaco!

Na primeira fase, quando a personagem vai morar na mansão dos Dela Vega, Thalía entra em contato com vários bichos de estimação, entre eles um macaquinho, que a morde durante as filmagens. A atriz teve até que tomar vacina contra a raiva!

15. A trilha sonora da trama é composta apenas pela canção de abertura…

16. …Que ganhou uma versão na língua tagalo, um dos idiomas oficiais das Filipinas, em 1997

17. Foi a primeira novela mexicana a usar recursos gráficos em efeitos especiais

18. Era para Thalía viver “Paola Bracho”

Após o sucesso estrondoso da trilogia, Thalía foi convidada para fazer as personagens Paola e Paulina na novela “A Usurpadora”, de 1998, mas ela recusou, para se dedicar a carreira musical. O papel então ficou para a atriz Gabriela Spanic. Cá entre nós: fez um trabalho primoroso!

19. Na vida real, Thalía é madrinha do filho da atriz Itatí Cantoral, que interpretou a vilã Soraya Montenegro, na trama

20. Thalía participou de um programa da Xuxa, que nunca foi ao ar

Thalía posa com Gugu e Xuxa em sua segunda visita ao Brasil, em 1997

A atriz chegou a gravar o “Planeta Xuxa”, mas o programa nunca foi ao ar. Em 2014, Xuxa Meneghel explicou aos fãs na internet por que foi “censurado”: “Acho que foi porque ela era do SBT na época”.


 

Curta a gente no Facebook: facebook.com/momentodivapop 😉